Ministério da Música


Muitos utilizam essa palavra (ministério) como quem quer dizer “grupo”. No entanto, para que tenhamos claro o que assumimos na Igreja, é preciso que termos como este sejam esclarecidos. Pois bem, a palavra “ministério” quer dizer “serviço”. O ministro é um servo. Com isso, fica claro que ser “ministro de música” é ser um servo de Deus por meio da música. Ministrar é servir. Ministrar é estar a serviço de todos aqueles para quem e com quem canta.

 

O ministério de música é um serviço cujo engajamento precisa de uma profunda consciência do que se assume, o que deve ser comum aos demais serviços da Igreja.  Num primeiro momento, a definição do próprio nome já implica uma certeza de que aí há uma vivência de um serviço e não de status. A palavra ministério, por si só, já fala do sentido do que se pretende na condição de batizado.

 

Estamos ali, no compromisso eclesial, a exemplo do próprio Jesus, como quem quer servir e não ser servido.

 

O papel do ministro de música é de levar as pessoas a abrirem o coração ao louvor e à oração por meio da melodia e dos cânticos. Ministrar música é, sobretudo, ministrar o louvor ao Senhor.

 

O ministro de música tem como missão primordial evangelizar e a sua postura a de alguém que está continuamente em sintonia com o criador, pra que a música ministrada por ele, quer seja por meio da sua voz ou pela execução de seu instrumento, cumpra o objetivo de alegrar, de enternecer, de fazer voltar o coração do homem para Deus, para as coisas verdadeiras. Precisa ser plenamente consciente de que é apenas um pequeno instrumento nas mãos de Deus, de que é um servo de Deus, de que tem um chamado de Deus, de que possui um dom dado por Deus e de que este dom não é seu e sim Daquele que, por misericórdia, lho deu. E o deu para que o servisse, para que levasse o seu amor aos homens, para que levasse a verdade aos homens e a verdade os liberte.

 

O Ministério da Música abrange todas as comunidades da Paróquia.

 

Mais informações na Secretaria Paroquial: (31) 3831-3142.

 

 

 

https://musica.cancaonova.com/formacao-para-musicos/musica-como-ministerio/ e https://www.comshalom.org/o-ministerio-de-musica/

Destaques

Foto de Exibição
O amor acima de tudo e todos

Foto de Exibição
"Somos caminheiros"

Foto de Exibição
O mundo necessita de princípios que favoreçam o diálogo

Foto de Exibição
O esforço da sinodalidade

Foto de Exibição
Quando entrar setembro...

Ministério da Música


Muitos utilizam essa palavra (ministério) como quem quer dizer “grupo”. No entanto, para que tenhamos claro o que assumimos na Igreja, é preciso que termos como este sejam esclarecidos. Pois bem, a palavra “ministério” quer dizer “serviço”. O ministro é um servo. Com isso, fica claro que ser “ministro de música” é ser um servo de Deus por meio da música. Ministrar é servir. Ministrar é estar a serviço de todos aqueles para quem e com quem canta.

 

O ministério de música é um serviço cujo engajamento precisa de uma profunda consciência do que se assume, o que deve ser comum aos demais serviços da Igreja.  Num primeiro momento, a definição do próprio nome já implica uma certeza de que aí há uma vivência de um serviço e não de status. A palavra ministério, por si só, já fala do sentido do que se pretende na condição de batizado.

 

Estamos ali, no compromisso eclesial, a exemplo do próprio Jesus, como quem quer servir e não ser servido.

 

O papel do ministro de música é de levar as pessoas a abrirem o coração ao louvor e à oração por meio da melodia e dos cânticos. Ministrar música é, sobretudo, ministrar o louvor ao Senhor.

 

O ministro de música tem como missão primordial evangelizar e a sua postura a de alguém que está continuamente em sintonia com o criador, pra que a música ministrada por ele, quer seja por meio da sua voz ou pela execução de seu instrumento, cumpra o objetivo de alegrar, de enternecer, de fazer voltar o coração do homem para Deus, para as coisas verdadeiras. Precisa ser plenamente consciente de que é apenas um pequeno instrumento nas mãos de Deus, de que é um servo de Deus, de que tem um chamado de Deus, de que possui um dom dado por Deus e de que este dom não é seu e sim Daquele que, por misericórdia, lho deu. E o deu para que o servisse, para que levasse o seu amor aos homens, para que levasse a verdade aos homens e a verdade os liberte.

 

O Ministério da Música abrange todas as comunidades da Paróquia.

 

Mais informações na Secretaria Paroquial: (31) 3831-3142.

 

 

 

https://musica.cancaonova.com/formacao-para-musicos/musica-como-ministerio/ e https://www.comshalom.org/o-ministerio-de-musica/

Destaques

Foto de Exibição
O amor acima de tudo e todos

Foto de Exibição
"Somos caminheiros"

Foto de Exibição
O mundo necessita de princípios que favoreçam o diálogo

Foto de Exibição
O esforço da sinodalidade

Foto de Exibição
Quando entrar setembro...