CURIOSIDADES SOBRE A PAPA FRANCISCO
Quem procurar na biografia do Papa Francisco indícios de um comportamento raro e excepcional não encontrará. Desde muito jovem, ele sempre esteve inserido nos grupos em que participava como uma pessoa comum. Jogava bola, dançava, convivia com os amigos. “Ele ia bem na escola, mas não me lembro dele como um menino extraordinário, e sim, como parte da turma”, afirma Ernesto Lach, um colega de classe. Seu segredo, ao longo de toda a vida, foi a inserção – na família, na escola, no grupo de amigos, na igreja. “Ele tem um estilo de liderança discreta”, diz Evangelina. Na verdade, Francisco nunca teve medo de ser mais um, de misturar-se a seus pares e ao homem das ruas, de ser mais um entre eles. Em nossa época de individualidade exaltada, em que cada um é estimulado a ser único, excepcional e insubstituível, é reconfortante perceber que o homem, que chegou ao posto religioso mais importante do mundo, nunca fez questão de parecer diferente daqueles que o cercavam – e nisso, talvez, resida sua imensa originalidade.

Papa Francisco é capaz de inspirar e ensinar os que estiverem prontos a ouvi-lo.

 

 

DEZ LIÇÕES DE VIDA DO PAPA FRANCISCO

 

  1. Viaje leve pela vida
  2. Dê importância aos valores
  3. Cultive as relações pessoais
  4. Frequente a rua
  5. Seja comum e extraordinário
    6. Cultive a diferença
  6. Valorize a família
  7. Não tenha vergonha de ser humilde
  8. Reconheça seus defeitos
  9. Cuide de seus amigos.

 

Na mesma noite em que foi anunciado como Papa, em 13 de março 2013, houve sinais de que Francisco seria diferente de seus antecessores. Surgiu com roupas mais simples. Optou por um anel de prata, no lugar do ouro. Manteve a cruz e os sapatos modestos que sempre usou e dispensou os acessórios papais pomposos.

 

Fonte: Rádio Vaticano e Época

Por Irani Pimenta   – Pascom – Itabira

Março de 2018